UNIÃO EUROPEIA AMEAÇA SUSPENDER EXPORTAÇÕES DA ASTRAZENECA!

21.3.21 Simone Galib 0 Comments

 

   Continuam tensas as relações da União Europeia com a farmacêutica AstraZeneca pelo atraso na entrega das vacinas.

   E essa tensão sobe à medida que a terceira onda de covid já está lotando hospitais e provocando novos bloqueios em alguns países do continente.

  Agora, Ursula von der Leyen, chefe da UE, ameaça suspender as exportações de vacinas da AstraZeneca, caso não receba suas entregas primeiro. 

  Ela disse à empresa farmacêutica sueco-britânica que precisa cumprir os contratos, caso contrário vai bloquear as exportações de vacinas feitas em seu território.

  "Cumpra seu contrato com a Europa primeiro, antes de começar a entregar para outros países", disse ela a AstraZeneca em uma entrevista para a imprensa alemã.

   Segundo ela, a farmacêutica entregou apenas 30% das 90 milhões de doses que havia prometido para o primeiro trimestre do ano.

  A empresa atribuiu os atrasos a problemas em suas fábricas na Bélgica e na Holanda.

  Mas, as autoridades europeias estão furiosas porque a AstraZeneca cumpriu seu contrato integralmente com o Reino Unido.

BREXIT DAS VACINAS   

  Neste domingo (21), a UE reforçou sua ameaça de bloquear as exportações de vacina para o Reino Unido, onde mais de 50% dos adultos já estão vacinados.

  A comissária europeia para os Serviços Financeiros, Mairead McGuinness, afirmou que "a atenção do bloco está em "proteger os nossos cidadãos".

  Ela também disse que há necessidade de ambos os lados se 'acalmarem' em meio à escalada da guerra de palavras sobre o fornecimento de vacinas - já que o governo britânico advertiu Bruxelas de que 'o mundo está assistindo'.

  O secretário de Defesa, Ben Wallace, disse a Bruxelas que prosseguir com a proibição das exportações "prejudicaria a reputação da UE em todo o mundo".

  Ele disse que a UE está "sob tremenda pressão política" por causa de sua implementação malfeita de vacinas e insistiu que "o resto do mundo está olhando para a Comissão sobre como ela se comporta".



0 comentários: