CHINA OBRIGA POPULAÇÃO A TOMAR VACINAS; MUITOS NÃO CONFIAM NA EFICÁCIA!

3.4.21 Simone Galib 0 Comments

    O Partido Comunista Chinês está tornando obrigatória a aplicação de vacinas na população.

   Segundo o jornal The Epoch Times, que tem correspondentes naquele país, internautas estão postando na mídia social Weibo (o equivalente ao Twitter de lá) suas preocupações sobre a eficácia e as implicações para a saúde. 

   Um mercado local na província de Hainan, no sul do país, só permite a entrada de clientes com um certificado de vacinação.

  Diz ainda o jornal que o ato de tomar a vacina "é considerado uma importante tarefa política que deve ser realizada em todas as empresas, escolas e centros comunitários do país".

  A publicação cita como exemplo o Sokon Group, uma empresa privada que divulgou um comunicado interno, ao qual o jornal teve acesso, determinando que "a vacina fosse aplicada em todos os funcionários com idades entre 18 e 59 anos, exceto mulheres grávidas ou lactantes".

  A empresa diz ainda que "qualquer unidade ou indivíduo que deixar de responder à vacinação de forma adequada ou cometer um erro será responsabilizado".

  Em alguns locais de Pequim, diz o jornal, os centros comunitários prometeram benefícios para incentivar a vacinação, que incluem ingressos para visitar templos e até feriados extras.

SEM CONFIANÇA

   No país não faltam vacinas, mas os chineses não confiam em sua eficácia. E o governo está preocupado com o ritmo lento da imunização.

   Uma pesquisa publicada em meados de fevereiro com 756 profissionais da área médica na província de Zhejiang, no sul da China, apurou que apenas 28% dos entrevistados queriam ser imunizados quando as vacinas estivessem prontas. 

   Os dados foram publicados no Chinese Journal of Vaccfines and Immunization.

   O Epoch Times publicou o depoimento de um advogado ativista, cujo sobrenome é Wu, dizendo que as vacinas não são confiáveis e que é impossível para o país desenvolver vacinas seguras em um curto período de tempo.

   Ele cita o histórico de acidentes com vacinas anteriores que levaram à morte de crianças e casos de deficiência entre adultos. 

  Para o advogado, "é chocante que as autoridades chinesas estejam promovendo vacinas para mais de 1 bilhão de cidadãos, embora tenham certeza de que são de baixa qualidade".








0 comentários: