PARA FUGIR DO VULCÃO NO CARIBE, SOMENTE COM ATESTADO DE VACINA!

12.4.21 Simone Galib 0 Comments

    Os moradores de Saint Vincent e Granadinas, no Caribe, onde um vulcão entrou em erupção, foram avisados de que só poderiam ser evacuados em navios de cruzeiros se já tinham sido vacinados contra o coronavírus. 

   E foi o próprio primeiro-ministro, Ralph Gonsalves, quem deu a informação:  "Aqueles que já são vacinados podem embarcar", disse ele. 

   Porém, apenas 10,8 mil residentes dos cerca de 100 mil residentes de St Vincent e Granadinas, no sul caribenho, receberam ao menos uma dose da vacina, segundo dados OMS.

   A paisagem da ilha, sempre repleta de iates e com praias exuberantes, foi substituída por uma fina camada de cinzas depois que o vulcão Soufriere entrou em erupção, na semana passada, após décadas de repouso. 

  No sábado (10), um forte cheiro de enxofre pairava no ar, enquanto fortes ruídos ainda emanavam do vulcão.

  Em Kingstown, capital de St Vincent e Granadinas, telhados de casas, carros e estradas também estavam cobertos de cinza.

   Dois navios de cruzeiros já estão na ilha para evacuar os moradores e mais três estão a caminho. As companhias, porém, não sabem quando as viagens vão começar.

   As ilhas de Santa Lúcia, Granada, Antígua e Barbados dizem que aceitam receber moradores evacuados, mas também exigem que todos estejam vacinados.

   A última atividade vulcânica do La Soufriere foi em 1979, quando causou prejuízos estimados em US$ 100 milhões. Mas, em 1902, uma forte erupção matou mais de 1 mil pessoas em St Vincent. 











 

0 comentários: