DE OLHO NO CÉU: SUPERLUA DE SANGUE E ECLIPSE ACONTECEM NESTA QUARTA-FEIRA!

24.5.21 Simone Galib 0 Comments

    Nesta quarta-feira (26), o céu nos brinda com um belo presente: a lua cheia de maio, a maior e última superlua de 2021. E vem com um fenômeno extra: eclipse total lunar.

   A lua cheia nasce no leste por volta do pôr do sol e põe no oeste ao nascer do sol. Assim, se o céu estiver limpo todos poderão apreciá-la.

  Já o eclipse, quando a lua for totalmente encoberta pelo sol, vai durar apenas 15 minutos e será visível parcial ou totalmente em apenas alguns países.

Link relacionado

http://www.simonegalib.com.br/2021/05/nas-alturas-voo-para-superlua-de-sangue.html 

 Ele poderá ser observado no oeste dos Estados Unidos e Canadá, em todo o México, na maior parte da América Central e Equador, oeste do Peru e sul do Chile e Argentina. No Brasil, infelizmente não.

  Mas, a NASA fará transmissão do fenômeno  e você pode explorá-lo segundo a segundo  por meio do Scientific Visualization Studio. 

POR QUE LUA DE SANGUE?  

  Esta superlua também é chamada de lua de sangue porque a sombra da Terra sobre ela faz com que fique laranja-avermelhada.

  Para entender melhor o fenômeno, a NASA explica que as cores são uma forma de nosso cérebro interpretar as variações nas propriedades físicas da luz.

  Essas mesmas propriedades fazem com que cada cor de luz se comporte de maneira diferente ao passar por uma substância, como o ar, por exemplo.
 
  A luz solar se curva e se espalha ao passar pela atmosfera da Terra. No ar, as cores azul e violeta do arco-íris se espalham mais amplamente do que tons como vermelho e laranja.
 
  Assim, a luz azul amplamente dispersa tinge o céu quando o sol está alto em dias claros. Já a vermelha viaja por um caminho mais reto. Tanto que só a vemos refletida no nascer e pôr do sol.


 Durante um eclipse lunar, parte dessa luz da manhã e da tarde fortemente filtrada atravessa a atmosfera da Terra e atinge a superfície da lua.

 A lua eclipsada é iluminada pela luz laranja-avermelhada que sobrou de todos os amanhecer e entardecer que ocorreram ao redor do mundo naquela época.

 Quanto mais poeira ou nuvens na atmosfera da Terra durante o eclipse, mais vermelha aparecerá a lua.
  
 O Universo é fascinante!






0 comentários: