PRÍNCIPE REBELDE: HARRY VOLTA A ACUSAR A FAMÍLIA REAL NA IMPRENSA AMERICANA!

21.5.21 Simone Galib 0 Comments

 

   O príncipe Harry contra-ataca e o seu já desgastado relacionamento com a família real britânica parece prestes a implodir. Agora, ele acusa a família de "negligência total", bullying e também por ser responsável por uma campanha de difamação contra a sua esposa, Megan Markle.

  O novo embate com a realeza surgiu durante a exibição de uma série sobre saúde mental para a Apple TV+, que Harry fez com sua amiga Oprah Winfrey, no qual foi anunciado como produtor executivo.

   Harry disse que seu pai, o príncipe Charles, permitiu que seus filhos "sofressem" com a mídia por conta de suas próprias experiências negativas.  

  Ele também acusou a monarquia e a mídia de tentar "difamarem" Meghan durante os preparativos para a polêmica entrevista concedida a Oprah, em março.

  No programa, Harry falou sobre como Meghan compartilhou seus pensamentos mais sombrios com ele, incluindo os "aspectos práticos" de como ela havia pensado em suicídio quando estava grávida de seis meses do seu filho, Archie. 

   "Eu me senti completamente impotente. Achei que minha família ajudaria, mas cada pedido, aviso ou seja o que for, eram recebidos com silêncio ou abandono total". 

   Harry voltou a tocar no assunto racismo, que Meghan diz ter vivido no Reino Unido e que provocou muita confusão à época da entrevista.

   Ele disse que sua mãe, a princesa Diana, havia sido perseguida até a morte porque estava namorando "alguém que não era branco". Ele se referiu a Dodi Fayed, filho de um empresário egípcio e que morreu junto com a princesa no trágico acidente em Paris.

  Não houve nenhum pronunciamento oficial sobre as últimas declarações de Harry. Mas, ao tablóide britânico Daily Mail, uma fonte disse que a relação com a família estava por um fio por conta das atitudes de Harry nos Estados Unidos.

   Segundo o jornal, seus familiares estão tentando entender o que ele espera obter com esse tipo de comportamento e acham que poderia muito bem falar sobre saúde mental sem expor as suas próprias experiências.

  A imprensa britânica diz que o príncipe Charles está "profundamente magoado" com o filho mais novo.

   No documentário, o príncipe relembrou ainda episódios que marcaram a sua infância e parte da juventude, dizendo que, com a perda da mãe, teve surtos de pânico, usando drogas e bebida para espantar a dor.

  Aliás, a fase difícil vivida pelo então menino Harry foi acompanhada por boa parte do mundo, e exaustivamente noticiada pela mídia britânica. Mas, todos sentiam um carinho especial pelo garoto que havia perdido a mãe de forma tão trágica.

  Prestes a se tornar pai do segundo filho, Harry insiste em evocar o passado como se quisesse se vingar da própria família, algo que a imprensa americana está explorando muito bem.

  Afinal, as peripécias e infortúnios da monarquia britânica sempre foram campeões de audiência!

  










0 comentários: