TRUMP ATRIBUI À FRAQUEZA DE BIDEN A VIOLÊNCIA EM ISRAEL; ATAQUES ATINGEM TEL AVIV!

12.5.21 Simone Galib 0 Comments

    O ex-presidente Donald Trump atribui à "fraqueza" de Joe Biden a escalada da violência em Israel, que está sendo bombardeado pelo grupo terrorista Hamas.

  "Quando eu estava no cargo, éramos conhecidos como a presidência da paz, porque os adversários de Israel sabiam que os Estados Unidos apoiavam fortemente o país e que haveria rápida retribuição se fosse atacado...

  ... "Sob Biden, o mundo está ficando mais violento e mais instável porque a fraqueza de Biden e a falta de apoio a Israel está levando a novos ataques aos nossos aliados. A América deve deixar claro que os palestinos devem acabar com a violência, o terror e ataques de foguetes e que os EUA sempre apoiarão fortemente o direito de Israel de se defender", disse Trump em um comunicado nesta terça-feira (11). 

  A nova onda de violência começou na última sexta-feira em uma mesquita de Jerusalém em razão de descontentamento por um eventual despejo de palestinos de casas reivindicadas por colonos judeus. Duas mulheres israelenses morreram ao ser atingidas na fronteira.

  Os ataques de mísseis e aéreos do Hamas se intensificaram na noite de segunda-feira, deixando um saldo de 28 palestinos mortos, entre eles dez crianças. 

  Trump também criticou o deputado democrata Ilhan Omar, de Minesota, que publicou um tweet onde dizia que "os ataques aéreos israelenses matando civis em Gaza são um ato de terrorismo".

  A Casa Branca, por meio de sua porta-voz, Jen Psaki, disse que os EUA condenaram os ataques do Hamas e outros grupos, incluindo bombardeios em Jerusalém, e que "o apoio de Biden à segurança de Israel, por seu legítimo direito de se defender, é fundamental e nunca irá vacilar. 

  Ela disse ainda que autoridades americanas falaram às autoridades israelenses, nas últimas semanas, que as expulsões de famílias palestinas e a demolição de suas casas "trabalham contra nossos interesses comuns em alcançar uma solução para o conflito".

130 FOGUETES


  Na noite desta terça-feira, a capital Tel Aviv foi atacada por dezenas de foguetes lançados da Faixa de Gaza. O aeroporto internacional fechou de imediato.

  O Hamas diz ter lançado 130 foguetes - o ataque mais intenso até agora - pela destruição de Israel de um prédio de 12 andares em Gaza.

   Os vídeos dos mísseis cruzando os céus mostram um cenário de guerra, com sirenes tocando, pessoas feridas, outras buscando abrigo. 

  À medida que os foguetes eram disparados, as mesquitas em Gaza gritavam 'Deus é grande", "vitória do Islã" e "resistência".

    




0 comentários: