VIÚVA DE JOHN MCAFEE ATRIBUI MORTE DO EMPRESÁRIO AO GOVERNO DOS EUA!

25.6.21 Simone Galib 0 Comments

 
    A viúva do empresário John McAFee, que criou o primeiro software de antivírus para computador, disse que o marido não cometeu suicídio e responsabilizou o governo dos Estados Unidos por sua morte.

  Ele foi encontrado morto em sua cela de prisão em Barcelona na quarta-feira (23), algumas horas depois que um tribunal espanhol sentenciou sua extradição para os EUA, onde poderia pegar uma pena de até 30 anos. 

  As autoridades espanholas disseram, de imediato, que a causa provável era suicídio. Mas, aguardam o resultado da autópsia.

  A esposa, Janice McAfee, reiterou que ele não tinha perfil suicida e que a morte dele foi por motivações políticas.

  

“Eu culpo as autoridades dos EUA por esta tragédia. Por causa dessas acusações politicamente motivadas contra ele", disse.

  Janice contou ainda que as últimas palavras dele para ela foram: "Eu te amo e ligarei para você à noite. Não são palavras de um suicida. Ele nunca tiraria sua vida dessa forma, nunca", afirmou.

  O advogado dele, Javier Villalba, também disse que nas conversas constantes mantidas com o cliente na prisão, "em nenhum momento ele mostrou qualquer sinal que nos levasse a pensar que isso pudesse acontecer."  

ESPECULAÇÕES

  McAfee se tornou um magnata da criptomoeda e foi preso em outubro de 2020 na Espanha, sob a acusação de ter sonegado US$ 4 milhões em impostos.

    A morte do empresário na cadeia gerou muitas especulações, principalmente em relação a postagens anteriores dele nas mídias sociais, algumas consideradas enigmáticas.

  Em 16 de junho último, ele escreveu:

 "Os EUA acreditam que escondi criptografia. Eu gostaria de saber, mas as informações se dissolveram pelas muitas mãos da equipe McAfee e meus bens foram todos apreendidos. Meus amigos evaporaram por medo de associação. Não tenho nada. Mesmo assim, não me arrependo de nada."

  Para a viúva, "tudo o que ele queria era passar os anos restantes de sua vida pescando e bebendo. Sabíamos que haveria uma batalha difícil contra essa situação, mas ele era um lutador".




0 comentários: