AUDITORES ENCONTRAM DISCREPÂNCIAS NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2020 NO TEXAS!

15.7.21 Simone Galib 0 Comments

    Está confusa a situação no Arizona por conta da auditoria que já dura três meses em Maricopa, o maior condado do estado, sobre as eleições presidenciais de 2020 nos EUA.

    Sob o comando do Cyber Ninjas da Flórida, os auditores disseram nesta quinta-feira (15) ter encontrado "discrepâncias importantes" e reivindicam mais itens para análise.

   Querem, por exemplo, imagens do envelope da cédula, do roteador e discos rígidos que talvez ajudem a solucionar alguns problemas identificados por eles.

  Segundo o CEO da Cyber Ninjas, Doug Logan, os auditores não encontram nenhum registro de Maricopa enviando mais de 74 mil cédulas pelo correio.

  Em depoimento no Senado estadual, acrescentou que cerca de 18 mil pessoas votaram, mas foram removidas das listas eleitorais logo após a eleição.

  Outros 11.326 eleitores que não estavam nas listas em 7 de novembro de 2020, apareceram listados em 4 de dezembro, além de 3.981 pessoas que votaram após se registrar.

A empresa CyFIR, que também atua na auditoria, informou que a análise do sistema de gerenciamento das eleições e da rede revelou "graves problemas de segurança cibernética" e que os programas antivírus não estavam atualizados.

A senadora republicana Wendy Rogers foi ao Twiiter para defender a realização de nova eleição no condado, onde Biden venceu Trump por 10,5 mil votos.

"Peço que os eleitores de Biden sejam chamados de volta. Os eleitores do Arizona não devem ser premiados de forma fraudulenta e precisamos acertar isso", escreveu.

 Já o presidente do Conselho de Supervisores do Condado de Maricopa, Jack Sellers, afirmou que os auditores são incompetentes.

  E a novela continua!

0 comentários: