TEMPESTADE DE AREIA ENGOLE CIDADE TURÍSTICA DA CHINA!

27.7.21 Simone Galib 0 Comments

 

   As imagens são impressionantes: uma tempestade de areia gigante levou apenas alguns minutos para varrer a antiga cidade de Dunhuang, da Rota da Seda, na província de Gansu, noroeste da China.

  O paredão de areia trazido pelo vento tinha cerca de 100 metros de altura. O céu ficou totalmente amarelo e a visibilidade foi reduzida para menos de cinco metros em algumas áreas da cidade, que fica à beira do deserto de Gobi.

    A polícia local controlou o tráfego nos pedágios e direcionou os veículos presos para deixar a via expressa, estacionando nas áreas de serviço.

  Mais de 400 voos saindo dos dois principais aeroportos da capital foram cancelados.


  Pequim costuma enfrentar tempestades de areia regulares em março e abril, na primavera, porque também está perto do deserto de Gobi. Mas, elas não são comuns durante o verão.

  Além da proximidade com o deserto, há o efeito do desmatamento e da erosão do solo em todo o norte do país.

  Para tentar segurar a poeira que entra, a China plantou uma grande parede de árvores. Também tentou criar corredores de ar que canalizassem o vento e permitissem que a areia e outros poluentes passassem mais rapidamente.

  Essas ações reduziram a intensidade das tempestades, mas a expansão das cidades e da indústria interferem muito no meio ambiente de todo o país.  

    A cidade de Dunhuang, antiga guarnição de fronteira na Rota da Seda, é Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco desde 1987 e muito procurada por turistas por suas várias atrações como, as Cavernas de Mogão, conjunto de 492 grutas decoradas com esculturas budistas e afrescos.

  Vários vídeos circularam nas mídias sociais, muitos filmados por turistas que foram surpreendidos pela mudança repentina da paisagem. 



0 comentários: