PRINCESA DISPENSA MILHÕES PARA CASAR COM SEU GRANDE AMOR!

2.9.21 Simone Galib 0 Comments


    Uma história de amor chamou a atenção do mundo: a princesa Mako, do Japão, abriu mão da quantia de US$ 1,3 milhão (cerca de R$ 6,7 milhões), que lhe seria concedida pela nobreza, para casar com o noivo, Kei Komuro, um rapaz de classe média.

   Mako tem 29 anos e é sobrinha do imperador Naruhito. Segundo a tradição local, o reino costuma indenizar todas as mulheres da família real que perdem o status da nobreza ao casarem-se com plebeus. Mako, porém, dispensou o dinheiro. 

   O casamento está marcado para o final de 2021 com uma cerimônia simples entre amigos e familiares, diz a imprensa internacional.

 

A princesa Mako e o noivo Kei Komuro
 
   Mako e Kei começaram a namorar em 2013 depois de terem se conhecido em um jantar de confraternização de uma universidade de Tóquio, onde estudavam.

  O namoro continuou à distância depois que ela se mudou para Londres, onde foi estudar arte.

   Em novembro de 2017, Mako e o namorado anunciaram seu noivado oficial e o casamento por meio da Agência Imperial.

   Posteriormente, a mídia japonesa noticiou as dificuldades financeiras da família e os empréstimos obtidos pela mãe de Komuro.

  Poucos meses depois, em fevereiro de 2018, a própria princesa, por intermédio da Casa Real, foi obrigada a retificar o programa, citando “a falta de preparação adequada para um evento dessa magnitude”, e se desculpando à opinião pública.

  Em novembro passado, o príncipe Akishino, irmão mais novo do atual soberano e pai de Mako, concordou com o casamento da filha mais velha. 

  O próprio noivo, que está estudando nos EUA para se especializar em direito, se comprometeu a reembolsar pessoalmente a quantia em dinheiro.  

  No trono do Crisântemo, a mais antiga monarquia hereditária do mundo sem ter sofrido interrupções, as mulheres são excluídas da linha de sucessão. 

  Depois do casamento, eles pretendem viver nos Estados Unidos, onde a princesa vai trabalhar em um escritório de advocacia em Nova York.






0 comentários: