UNITED AIRLINES DEMITIRÁ 593 FUNCIONÁRIOS NÃO VACINADOS NOS EUA!

30.9.21 Simone Galib 0 Comments

   As demissões em massa continuam nos Estados Unidos: a United Airlines deverá demitir 593 funcionários que optaram por não tomar a vacina contra a covid-19.

   A informação foi divulgada nesta quinta-feira (30) pelo jornal The Epoch Times, que confirmou com a companhia a decisão.

  Diz o jornal que a empresa foi a primeira aérea norte-americana a decretar vacina obrigatória, em agosto, a todos os seus funcionários domésticos.  

  Eles deveriam ser vacinados até 27 de setembro ou seriam dispensados até 2 de outubro. Os que recusassem a vacina seriam eliminados imediatamente.

  O presidente executivo da United, Scott Kirby, e o presidente Brett Hart enviaram um memorando aos funcionários, avisando que começariam as demissões.

  Segundo o The Epoch Times, que teve acesso ao documento, os executivos disseram à equipe que mais de 99% dos funcionários "escolheram ser vacinados, exceto os que optaram a uma acomodação".

  

 “Foi uma decisão incrivelmente difícil, mas manter nossa equipe segura sempre foi nossa prioridade. A pandemia agora está matando mais de 2 mil pessoas por dia e a maneira mais eficaz de manter nosso povo seguro é garantir que sejam vacinados.”  

  Muitos funcionários também entraram com pedidos de não tomarem a vacina, justificando motivos religiosos e médicos. Mas, representam apenas 3% dos 67 mil trabalhadores da companhia. Outros estão buscando seus direitos na Justiça. 

  A United Airlines planeja contratar cerca de 25 mil pessoas nos próximos anos e a vacinação contra a covid é uma condição de emprego, afirmou um porta-voz da empresa à Reuters. 




0 comentários: