REVELADA FOTO DO JOVEM QUE ENTROU NO CASTELO PARA 'MATAR' A RAINHA ELIZABETH NO NATAL!

27.12.21 Simone Galib 0 Comments

  Foi revelada a foto do jovem suspeito de escalar o Castelo de Windsor para 'tentar assassinar' a rainha Elizabeth no dia de Natal. Ele foi preso e está sob custódia.

  Encapuzado, ele portava uma besta (arma medieval que tem um arco e flecha em sua extremidade) e que costuma ser vendida pela internet.

Foto Daily Mail/Reprodução


  Jaswant Singh Chail, de 19 anos, postou um vídeo pré-gravado no Snapchat às 8h06 no último dia 25, 24 minutos antes de um homem ser preso pela polícia dentro do castelo.

  O incidente causou uma mudança geral na segurança interna da propriedade. Todos queriam entender como alguém conseguiu chegar tão longe ali dentro. 

 Jas, como é conhecido pelos amigos, teria usado um filtro para distorcer a voz. Ele vestia um moletom com capuz e uma máscara, roupa inspirada no filme Guerra nas estrelas.

  No vídeo, ele disse:

 "Sinto muito pelo que fiz e pelo que farei. Vou tentar assassinar Elizabeth, rainha da família real. É uma vingança para aqueles que morreram no massacre de Jallianwala Bagh, em 1919."

  Ele se referia ao episódio ocorrido em 13 de abril de 1919 durante um protesto contra a prisão de dois líderes pró-independência da Índia. 

  Também chamado de o massacre de Amritsar, o caso aconteceu em um jardim histórico, o Jallianwala Bagh, próximo ao Templo Dourado em Amritsar.

  As tropas do exército britânico encurralaram os manifestantes e só pararam de atirar após esgotar a munição.

  O número de mortos foi estimado entre 379 e mais de 1,5 mil. Outras 1,2 mil pessoas ficaram feridas, muitas gravemente.

QUEM É O GAROTO?

 Em entrevista ao jornal Daily Mail, Jasbir Singh Chail, pai do adolescente, disse que havia "algo terrivelmente errado com nosso filho e estamos tentando descobrir o quê."

 O jovem foi criado em uma casa confortável no bairro de classe média onde moram, ao norte de Southampton.

  O pai, que tem 57 anos e é engenheiro de software, afirma que o filho teve uma educação amorosa, cercado por sua família e diz não entender o que o teria levado a essa atitude extrema.

 Ele disse também que ainda não teve a chance de falar com o filho, "mas estamos tentando conseguir a ajuda de que precisa". 

PREOCUPAÇÃO

  O episódio deixou preocupados os membros da realeza, incluindo o príncipe William e Kate, principalmente depois que alguns de seus guarda-costas policiais de maior confiança foram trocados. Até a própria rainha mostrou preocupação.

  Quando o adolescente entrou no castelo, a rainha ainda estava sem os familiares que, logo em seguida, se dirigiram para Windsor.

  Para Dai Davies, ex-chefe da proteção real na Scotland Yard, o incidente destaca a "ameaça muito séria" representada por "pessoas determinadas e perseguidores".

  "Desde a época de George 3º, 99% dos ataques contra membros da família real envolveram alguém fixo, ou perseguidor", afirmou.









0 comentários: