TURISMO CIENTÍFICO É O NOVO ROTEIRO DE VIAGENS DO BRASIL!

15.12.21 Simone Galib 0 Comments

    O Brasil ganha uma nova modalidade de viagens: o turismo científico. E o palco da experiência será o Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica no país.

  A reserva ocupa uma área de 31 mil hectares, entre os municípios de Juquiá, Miracatu e Tapiraí, no Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo. 

  Nos últimos anos, o Legado das Águas se transformou em um dos principais destinos de ecoturismo na Mata Atlântica. Agora, deseja também impulsionar a ciência.

  Assim, vai incentivar projetos de pesquisa científica de longo prazo na Reserva por meio de novas fontes de captação de recursos e, simultaneamente, criar um canal de divulgação da ciência.

  A ideia também é promover cursos, oficinas, palestras e demais atividades de estudo e educação sobre o bioma. 

Onça pintada fotografada no Legado das Águas  Fotos Divulgação
   O programa atende a duas demandas crescentes: a busca de fontes de recursos para viabilizar pesquisas científicas a longo prazo e por áreas naturais preservadas, que tenham estrutura e segurança para o turismo científico, diz Daniela Gerdenits, coordenadora de Parcerias e Responsabilidade Social do Legado das Águas. 

  "O Legado tem toda a estrutura necessária para fomentar o turismo científico em uma floresta em alto grau de conservação".

  No local, há pousada, restaurante, auditório climatizado, estacionamento e área de camping.

  Criada em 2012, hoje é administrada e mantida pelo grupo Votorantim, que firmou um protocolo com o governo estadual para a criação da Reserva e a sua proteção.

  Já existe um curso pré agendado para abril de 2022 - de reconhecimento das borboletas da Mata Atlântica - e a venda de ingressos será informada pelas mídias sociais e pelo site do Legado das Águas.








0 comentários: