TRUMP DIZ QUE ESPIONAGEM DE HILLARY CLINTON É UM ESCÂNDALO MAIOR DO QUE O WATERGATE!

13.2.22 Simone Galib 0 Comments

    O ex-presidente Donald Trump disse que a campanha de Hillary Clinton, que contratou alguém para invadir seus servidores da Casa Branca e da Trump Tower, é um escândalo maior do que foi o Watergate.

 "O que Hillary Clinton e os democratas da esquerda radical fizeram em relação à espionagem de um presidente dos Estados Unidos, mesmo no cargo, é um crime muito maior do que Watergate. Isso é um insulto ao Partido Republicano, mas um insulto muito maior à nossa nação", disse Trump em comunicado neste domingo (13).

  Segundo documento do procurador especial John Durham, divulgado na última sexta-feira, Clinton tentou fabricar conexões entre a campanha presidencial de Trump, em 2016, e a Rússia, acusada de se intrometer na eleição americana.

  O relatório revela como a campanha de Clinton contratou uma empresa de tecnologia para se infiltrar e supostamente hackear servidores que estavam na Trump Tower e, mais tarde, na Casa Branca.

  Para Trump, o comportamento da equipe de Hillary Clinton já teria merecido execução.

  

“Em um período de tempo mais forte, esse crime seria punível com a morte. Além disso, as reparações devem ser pagas àqueles em nosso país que foram prejudicados por isso", escreveu Trump.

  O comportamento descrito nos documentos é semelhante ao que os democratas acusaram repetidamente a equipe Trump de fazer desde 2016, sem fornecer nenhuma evidência para apoiar suas alegações.

   Ele também chamou a revelação de maior do que Watergate em sua declaração de sábado, escrevendo: "Este é um escândalo muito maior em escopo e magnitude do que Watergate e aqueles que estavam envolvidos e sabiam sobre esta operação de espionagem deveriam estar sujeitos a processo criminal."

  O escândalo de Watergate levou à renúncia do presidente Richard Nixon depois que ele sofreu impeachment por seu governo encobrir seu envolvimento na invasão da sede do Comitê Nacional Democrata (DNC) em Washington, em 17 de junho de 1972.







0 comentários: