QUAL O EFEITO DAS VACINAS DA PFIZER NO DNA HUMANO? ESTUDO RESPONDE!

1.3.22 Simone Galib 0 Comments

   Um estudo inédito mostra que o RNA mensageiro (mRNA) da vacina da Pfizer contra a covid-19 consegue entrar nas células do fígado humano e é convertido em DNA.

 A conclusão é dos pesquisadores suecos da Universidade de Lund, que publicaram o resultado de sua experiência na Current Issues of Molecular Biology.

  Eles descobriram que quando a vacina de mRNA entra nas células do fígado humano, ela aciona o DNA da célula, que está dentro do núcleo, para aumentar a produção da expressão do gene LINE-1 para produzir mRNA.

  O mRNA então deixa o núcleo e entra no citoplasma da célula, onde se traduz na proteína LINE-1. Um segmento da proteína volta para o núcleo, onde se liga ao mRNA da vacina e transcreve reverso em DNA de pico.

  A transcrição reversa é quando o DNA é feito a partir de RNA, enquanto o processo de transcrição normal envolve uma porção do DNA servindo como molde para fazer uma molécula de mRNA dentro do núcleo.

  Esse processo, agora revelado pela ciência, é o oposto do que diziam os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

  "O material genético entregue pelas vacinas de mRNA nunca entra no núcleo de suas células, escreveu o CDC em seu site, na seção  Mitos e fatos sobre as vacinas covid-19. 

  Porém, pela primeira vez os pesquisadores mostraram in vitro o processo, que ocorreu apenas em seis horas.

  E revelou como uma vacina de mRNA é convertida em DNA em uma linhagem de células do fígado humano, algo que os especialistas em saúde e os tais verificadores de fatos afirmaram repetidamente que não poderia ocorrer.

  A Pfizer não comentou as conclusões do estudo sueco, afirmando apenas que "sua vacina não altera o genoma humano", informa o The Epoch Times.

   "Nossa vacina não altera a sequência de DNA de uma célula humana, mas apenas apresenta ao corpo as instruções para construir imunidade", respondeu a empresa ao jornal.

  



0 comentários: