AVIAÇÃO: AGRESSÕES A BORDO TÊM NÚMEROS ALARMANTES!

28.6.23 BLOG SIMONE GALIB 0 Comments


   Já houve um tempo em que andar de avião era puro glamour. Mas, hoje as turbulências parecem ocorrer mais dentro do que fora das aeronaves e os casos de barracos a bordo decolam no Brasil: somente no primeiro trimestre de 2023 as companhias aéreas já registraram 114 episódios - mais de um por dia - envolvendo passageiros indisciplinados.

  Os números, considerados "alarmantes", são da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR). Em 2022, foram registradas 585 ocorrências.

 Cerca de um quarto delas incluem comportamento agressivo do passageiro, resultando em agressão física e/ou ameaças, diz a Agência Nacional de Aviação Civil. 


  As brigas começam por motivos banais: às vezes, uma simples troca de assento gera uma confusão danada, como mostram vários vídeos que viralizam nas redes sociais.

  Mas, as confusões não são protagonizadas apenas pelos passageiros.

  Em agosto de 2022, 2 pilotos da Air France foram suspensos depois de terem saído no tapa dentro da cabine em um voo entre Genebra (Suíça) e Paris.

  O piloto e o co-piloto se agarraram pelos colarinhos após supostamente um bater no outro. Um membro da tripulação precisou ficar na cabine até o final do voo para conter os ânimos. 


NÚMEROS CRESCENTES

  Essa mudança de comportamento a bordo começou a se acentuar a partir de 2019. Em 2020, auge da pandemia e mesmo com boa parte das viagens canceladas, houve 222 confusões em aviões. 

  Na avaliação das companhias aéreas, esse tipo de comportamento é preocupante uma vez que afeta a todos no voo.

  Em alguns casos, podem atrasar a decolagem e, se o avião já estiver em rota, provocar o seu desvio, com o pouso em um aeroporto mais próximo, gerando impacto no tráfego aéreo e no gerenciamento da tripulação. 

  Como resolver? Até agora, ninguém descobriu!



0 comments: