DJ ALOK ATRIBUI ARRASTÕES DO SHOW NO RIO A PROBLEMA DE 'POLÍTICAS PÚBLICAS'!

28.8.23 BLOG SIMONE GALIB 0 Comments

 


    O DJ brasileiro Alok, que reuniu no último sábado (26) milhares de pessoas na praia de Copacabana, no Rio, foi às redes sociais para dizer que a culpa pela grande repercussão negativa do show não foi sua, mas sim pela falta de "políticas públicas". Assista ao vídeo aqui

  Batizado de o Show do Século, o evento foi realizado para comemorar os 100 anos do icônico hotel Copacabana Palace e os 32 anos do deejay. 

 Porém, os arrastões acabaram ofuscando a festa: mais de 500 pessoas foram levadas à delegacia pela Polícia Militar do Rio de Janeiro antes, durante e depois do show.

  Enquanto convidados e celebridades assistiam a tudo de camarote das janelas do hotel iluminado, compartilhando os vídeos nas mídias sociais, nas areias da praia e arredores a situação era bem outra.

  Nos pontos de bloqueio na entrada do evento, a PM apreendeu soco inglês, canivetes, tesouras, cortadores de unha, chave de fenda, faca, estilete e facão, entre outros, somando cerca de 150 objetos.

  No vídeo, Alok disse aos seus 28,2 milhões de seguidores do Instagram que ele e equipe trabalharam duro para trazer um espetáculo inédito ao Brasil. E que a segurança envolvida no evento foi a mesma que costuma ser utilizada no Réveillon de Copacabana, para cerca 1 milhão de pessoas. 

  "Isso é um problema de políticas políticas, um problema social imenso que a gente vive. Não cabe a mim".

   De fato, não cabe a ele. A produção milionária com palco em formato de pirâmide, drones e iluminação a lazer de última geração trouxe à luz o Brasil real: o país, especialmente o Rio, está dominado pelas facções criminosas e pela impunidade.

   Não há policiais nem cadeias suficientes (mesmo porque eles não ficam muito tempo presos) para conter a onda de violência que assola a nação.

FAKE NEWS

Alok desmentiu também no vídeo notícias que circularam na internet atribuindo a ele um discurso político no sábado, utilizando sua imagem para provocar reação de ódio no público. 

  Ele contou que aquele episódio aconteceu no Rock`in' Rio, em 2019, e que na ocasião fez um "discurso de amor", baseado nos ensinamentos de Jesus, que é amar ao próximo. Porém, sobrou ódio.

   O desfecho do Show do Século deixa uma lição importante às autoridades brasileiras: não dá mais para tapar o sol com uma pirâmide gigantesca e iluminação hi-tech.

 O país não tem mais condições de realizar grandes shows para multidões ao ar livre por total falta de segurança. 

0 comments: