PÓS INCÊNDIO: CHEFE DE EMERGÊNCIA RENUNCIA EM MAUI, NO HAVAÍ

18.8.23 BLOG SIMONE GALIB 0 Comments

    O incêndio devastador na ilha de Maui, no Havaí, provocou outra baixa: o chefe da Agência de Gerenciamento de Emergências da ilha renunciou ao cargo nesta quinta-feira (17).

  Herman Andaya foi duramente criticado por ter tomado a decisão de não acionar o sistema de alarme em toda a ilha, enquanto o fogo a consumia.

  Morreram 111 pessoas no maior incêndio florestal dos últimos 100 anos nos EUA, mas há milhares ainda desaparecidas. E até agora apenas 45% dos escombros na ilha foram vasculhados pela operação de resgate.

  Na quarta-feira, véspera de sua renúncia, ele foi severamente questionado por um repórter durante uma entrevista coletiva, dizendo-lhe que o sistema de sirenes poderia ter salvo centenas de vidas. 

  Ele respondeu que não se arrependia da decisão de não ter acionado os alarmes estridentes.

  Andaya afirmou que as sirenes são normalmente reservadas para alertas de tsunami e que os havaianos são treinados para buscar terrenos mais altos quando ouvem seu som.    

  “Mesmo se soássemos a sirene, não teríamos salvado aquelas pessoas lá na encosta da montanha”, disse.

  No entanto, o site oficial do governo do Havaí classifica os incêndios florestais como um dos desastres para os quais o sistema de alarmes de risco total pode ser usado.

  O comunicado oficial informou que seu afastamento ocorre em função de "problemas de saúde". 








0 comments: