NOVA YORK VAI DISTRIBUIR PÍLULAS ABORTIVAS EM CONSULTAS VIRTUAIS E POR TELEFONE!

3.10.23 BLOG SIMONE GALIB 0 Comments

    Os funcionários dos serviços de saúde de Nova York poderão prescrever e distribuir pílulas abortivas, após consultas virtuais e por telefone.

  O anúncio foi feito pelo prefeito Eric Adams nesta segunda-feira (2). É o primeiro programa desse tipo nos Estados Unidos, disse ele, orgulhoso. 

  Na avaliação das autoridades municipais, o programa é uma resposta à decisão da Suprema Corte dos EUA, em 2022, que proibiu o direito federal ao aborto.

  

“Na cidade de Nova York, não permitiremos que a extrema direita continue a sua cruzada para privar as mulheres dos seus direitos reprodutivos”, afirmou o prefeito.

  Ele acrescentou:

  "O acesso à assistência ao aborto agora estará disponível por meio de visitas de telessaúde nos locais do NYC Health + Hospitals, no conforto da casa”.

  O Virtual Express Care, operado pelo sistema municipal de saúde mais hospitais, oferecerá médicos e conselheiros para consultas de saúde por vídeo para atendimento à gravidez e ao aborto, sete dias por semana, das 9h às 21h. Mulheres com até 10 semanas de gravidez podem participar.

​ Se clinicamente apropriado e prescrito, os pacientes poderão receber um kit de aborto medicamentoso em seu endereço na cidade de Nova York dentro de alguns dias, informa a prefeitura.

 Outro detalhe é que o sistema Health + Hospitals atende pacientes independente se possam pagar ou não.

   Caso não tenham condições financeiras e nem seguro saúde, a Virtual Express Care fornecerá atendimento e conectará os pacientes a conselheiros financeiros treinados que podem ajudá-los a se inscrever na cobertura de seguro saúde ou assistência financeira através do NYC Care, Medicaid e Medicare, com atendimento por consulta, com preços acessíveis.

  O prefeito novaiorquino lembrou que o novo serviço de aborto se baseia em outros que envolvem cuidados reprodutivos após a decisão da Suprema Corte.

  A cidade anunciou anteriormente o Centro de Acesso ao Aborto, que encaminha confidencialmente as pessoas que ligam para cuidados de aborto e lançou o aborto medicamentoso gratuito nas clínicas de saúde sexual da cidade.




0 comments: