CONHECENDO UMA FAZENDA DE PÉROLAS DO ORIENTE MÉDIO: CULTURA ANCESTRAL!

15.12.23 BLOG SIMONE GALIB 0 Comments

   Se você procura destinos exóticos e ainda pouco explorados, vem comigo conhecer Suwaidi Pearl Farm, a única fazenda de pérolas do Oriente Médio aberta à visitação. Ela fica no emirado de Ras Al Khaimah, um dos sete dos Emirados Árabes Unidos.

  A apenas 45 minutos do Aeroporto Internacional de Dubai, Ras Al Khaimah já figura em rankings. Em 2022 foi classificado como um dos melhores lugares do mundo pela revista Time e também um dos melhores destinos para visitar neste 2023 pela CNN Travel


  Situado às margens do Golfo Pérsico, esse pequeno território - também chamado de RAK e conhecido como o Emirado da Natureza - tem história, atividades ao ar livre e experiências únicas.

  E uma das mais concorridas é o passeio pela fazenda de pérolas, que atrai visitantes globais.

  Ela está situada no sopé da extensa cordilheira Al Hajar, na cidade de Al Rams, ao norte do Emirado.

  A localização privilegiada facilita o cultivo, porque a lagoa de Al Rams se beneficia da água da chuva fresca, que vem das montanhas Hajar, enchendo a água do mar com oxigênio, o que cria o ambiente perfeito para as pérolas crescerem.


CULTURA ANCESTRAL 

  O cultivo de pérolas sempre foi uma atividade muito presente nos Emirados. Dubai, antes de se transformar na cidade futurista, era até os anos 1970 um vilarejo de pescadores que viviam da pesca de ostras e do cultivo de pérolas. 

  O passeio até a fazenda flutuante é feito em um barco tradicional, tendo como cenário as montanhas Hajar e os manguezais, lar dos flamingos rosa.

   Chegando lá, os visitantes podem conhecer o processo de cultivo, colheita e extração de pérolas. Conhecem ainda o mergulho e as técnicas usados pelos pescadores para pegar as ostras.

   E podem ainda abrirem suas próprias ostras. Vai que encontram sua própria pérola árabe para trazer de lembrança.

  Uma experiência incrível muito além de Dubai e que pode ser incluída em seu roteiro!

  

  










0 comments: